{Lua de mel} Rota Romântica da Alemanha


Olá a todas! Essa semana eu estava na maior dúvida sobre o destino de lua-de-mel que iria escrever, mas a história super romântica de uma amiga que foi pedida em casamento na Alemanha quando visitava cidades fofas e com castelos na Alemanha acabou me inspirando para falar sobre a Rota Romântica da Alemanha!

Essa rota é formada por mais de trinta cidades cortadas ao longo do estado da Bavária, desde Wurzburg até Fussen, já praticamente na fronteira com a Áustria, com vários castelos e florestas de conto de fadas (por isso o apelido de “Rota Romântica”). Esta região também já foi utilizada como locação para o primeiro filme do livro “Harry Potter e as relíquias da Morte” e em “Bastardos Inglorios”, além de ser o cenário perfeito para todas as princesas da Disney!

O roteiro pode ser feito começando em qualquer uma das cidades acima, mas o mais comum é seguir do norte para o sul. O ideal é ter, pelo menos, 7, 8 dias para fazer o percurso (são cerca de 300km). Pontos de parada bastante populares são: Wurzburg, Rothenburg, Augsburg, Dinkeslbuhl, Hohenschwangau e Fussen. As cidades são pequeninas e a hospedagem na região é feita em pousadas, tipo bed&breakfast (que lá eles chamam de “Gasthaus”), onde muitas vezes o visitante é recebido pelos próprios donos! O ideal é dar uma pesquisada antes de ir já deixar toda a hospedagem reservada. Como são várias cidades, vou falar um pouquinho de cada uma…

Wurzburg: é considerada a principal porta de entrada para a “Rota Romântica”, com seu belo visual à margem do Rio Main. É a maior das cidades neste roteiro e um dos principais centros industriais alemães. Essa cidade foi ocupada inicialmente pelos celtas, e possui uma famosa catedral e um palácio onde foi a residência do príncipe de Wurzburg. Na época da Segunda Guerra um intenso bombardeio destruiu quase toda a cidade, mas ela foi reconstruída, inclusive as suas preciosidades da idade média.

Dinkelsbhuel: Esta cidade é da época medieval e é uma das mais preservadas da Alemanha. Possui fortificações e torres de artilharia, que garantiam a sua defesa, sendo até hoje uma cidade fortificada. Lá também há uma famosa igreja de S. Jorge.

Rothenburg: fundada no século X, era uma vila até que a construção do castelo do Rei Conrado III em 1142, que trouxe uma enorme onda de prosperidade. Com o progresso, a cidade foi fortificada em várias etapas, acompanhando as ondas de crescimento, e um intrincado sistema de torres e bastiões visava assegurar a defesa mesmo diante de inimigos mais poderosos. Em função da fortificação, a cidade foi muito bem mantida e atualmente possui lojas de artesanato típico alemão muito lindinhas e as ruas floridas. As estreitas ruelas e becos medievais são uma delícia para passear sem rumo e aproveitar os sensacionais edifícios e as belas vistas para verdejantes colinas que cercam toda a região. A cidade também possui tradicionais cervejarias e vale a pena dormir lá para aproveitar o clima noturno desse local medieval.

Hohenschwangau: essa cidade acabou ficando famosa porque é nela que se encontra um dos monumentos mais visitados da Alemanha, o Castelo de Neuschwanstein, mais conhecido como “O Castelo da Cinderela” desde que Walt Disney o utilizou como inspiração para o castelo em Magic Kingdom, em Orlando.


Esta monumental obra foi erguida ao topo de uma colina, pelo famoso Rei Ludwig, da Bavária, que se sentia atraído por antigos contos de cavalaria. Seu interior, decorado com lindos afrescos inspirados em antigas sagas germânicas, abriga uma impressionante coleção de mobília de época… Lá também se encontra o Castelo de Hohenschangau, uma antiga fortaleza medieval restaurada pelo rei Maxilimiliano para tornar-se um castelo romântico. Outro programa que vale a pena é um piquenique nas margens do Alpsee, um charmoso lago com as montanhas alpinas ao fundo.

Fussen: é uma pequena cidade no sul da Alemanha e ao lado de Hohenschwangau (aliáshá muita discordância sobre se os castelos ficam em Fussen ou em Hohenschwangau), com construções medievais muito bem preservadas. Fussen abrigou a residência de verão dos bispos de Augsburg e é hoje considerada um dos maiores complexos góticos da Alemanha.

Os antigos prédios em ruas cuidadosamente floridas são muito agradáveis para um passeio em qualquer direção. Parte da antiga muralha ainda está em pé, conferindo um irresistível charme à velha cidade. Vale ressaltar também a vista das torres góticas por trás das muralhas medievais, é um dos mais sensacionais cartões postais do sul da Alemanha.

Me parece a viagem perfeita para uma lua de mel super especial!

Se você ama viajar, visite o blog do casalYes, You Can Travel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *